sexta-feira, 11 de junho de 2010

Cansei de devanear...


... mas isso não é tristeza!
Estou encaixotando tudo, meu coração esta guardado.
Guardado para mim mesmo.
Eu queria a fórmula do equilíbrio da razão e coração.

10 comentários:

Gabriela Castro disse...

Não existem fórmulas, nem receitas. A graça está em se entregar, em se jogar - ainda que em si mesmo - mesmo que correndo riscos, é melhor do que não sentir.
beijos

Tobias Silser disse...

Já me joguei de prédios altos, já me entreguei por inteiro e acabei sempre em pedaços.
E lá vou eu novamente me recolhendo aos cacos rs.

Bjus Gabih!

*Bela Poeta disse...

O recomeço sempre é difícil, mas necessário. Pois, assim como vc disse, encaixotamos aquilo que não nos serve mais e abrimos espaço para o novo surgir. Devemos sempre saber que os ciclos acontecem no momento certo.
Andei meio sumida, mas volto sim viu? Esteja sempre a vontade para me visitar lá na *Bela.
Bom fim de semana,
Vanessa.

Anônimo disse...

é a física do petreofilismo.

Ira Buscacio disse...

Tobias, como vai?

Não creio em fórmulas dos sentidos e difícilmente me guardo de mim mesma, as vzs do exterior. Optei por andar nos acasos.

Gostei mt do seu espaço e voltarei,

Bj

Jardilene Silva disse...

muito legal seus poemas, ser poeta é mergulhar na certeza mesmo sendo incerteza de sobreviver, em um mundo que eu tento nascer e renascer apenas para amar...

jardilene silva
abraços campeão

Ira Buscacio disse...

Tobias,

Qnt tempo msm!!!!!!!!!

Espero seu retorno poético.

Bjsssssssss

Gabriela Castro disse...

Postar aqui nunca mais, né?! rsrs
beijos

Anônimo disse...

Oiie, estou seguindo, me segue tambeem?
http://bloggerfaby.blogspot.com/
Obg *--*

Tobias Silser disse...

Gabriela.. realmente andei sumido por um bom tempo.
Estou retornando..

Faby, seja bem vinda.. estou seguindo tbm.