sexta-feira, 11 de junho de 2010

Cansei de devanear...


... mas isso não é tristeza!
Estou encaixotando tudo, meu coração esta guardado.
Guardado para mim mesmo.
Eu queria a fórmula do equilíbrio da razão e coração.

10 comentários:

Gabriela Castro disse...

Não existem fórmulas, nem receitas. A graça está em se entregar, em se jogar - ainda que em si mesmo - mesmo que correndo riscos, é melhor do que não sentir.
beijos

Tobias Silser disse...

Já me joguei de prédios altos, já me entreguei por inteiro e acabei sempre em pedaços.
E lá vou eu novamente me recolhendo aos cacos rs.

Bjus Gabih!

*Bela Poeta disse...

O recomeço sempre é difícil, mas necessário. Pois, assim como vc disse, encaixotamos aquilo que não nos serve mais e abrimos espaço para o novo surgir. Devemos sempre saber que os ciclos acontecem no momento certo.
Andei meio sumida, mas volto sim viu? Esteja sempre a vontade para me visitar lá na *Bela.
Bom fim de semana,
Vanessa.

Luiza Prado disse...

é a física do petreofilismo.

Ira Buscacio disse...

Tobias, como vai?

Não creio em fórmulas dos sentidos e difícilmente me guardo de mim mesma, as vzs do exterior. Optei por andar nos acasos.

Gostei mt do seu espaço e voltarei,

Bj

Jardilene Silva disse...

muito legal seus poemas, ser poeta é mergulhar na certeza mesmo sendo incerteza de sobreviver, em um mundo que eu tento nascer e renascer apenas para amar...

jardilene silva
abraços campeão

Ira Buscacio disse...

Tobias,

Qnt tempo msm!!!!!!!!!

Espero seu retorno poético.

Bjsssssssss

Gabriela Castro disse...

Postar aqui nunca mais, né?! rsrs
beijos

ϟ ƒααвy ϟ disse...

Oiie, estou seguindo, me segue tambeem?
http://bloggerfaby.blogspot.com/
Obg *--*

Tobias Silser disse...

Gabriela.. realmente andei sumido por um bom tempo.
Estou retornando..

Faby, seja bem vinda.. estou seguindo tbm.